Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Relembrando Itália #1

por Sakura, em 20.08.13
Durante muitos anos, em minha casa, foi hábito comprar a revista "Volta ao Mundo". Mesmo em pequena, ficava a sonhar com aqueles lugares distantes, países que não conhecia, novas culturas, viagens... E muitas vezes disse que, se fosse jornalista, era aquele tipo de jornalismo que gostaria de fazer. Ganhar a vida a fazer reportagens sobre viagens? Gonçalo Cadilhe, como eu te invejo...

Ora pois bem! Perante um ataque agudo de saudades de Itália, decidi fazer um artigo "à la Volta ao Mundo". Se este país já tinha um cantinho especial no meu coração, viver lá durante cerca de seis meses, conquistou-me por completo.

Venho apresentar-vos a região a Liguria, onde fica Génova - a "minha" cidade. Não que seja a minha favorita (Veneza, sem dúvida!), mas terei para sempre uma ligação especial a ela, porque foi a minha casa.
 Génova é uma cidade em declive, desde as montanhas (Righi no topo) até ao Porto de Génova (também um local de passagem obrigatória).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Da Lei de Murphy

por Sakura, em 16.08.13
"Anything that can go wrong, will go wrong".

"Se algo pode correr mal, irá correr mal".

Não pretendo embarcar numa visão demasiado pessimista desta expressão. Se não o mundo seria um lugar muito tenebroso! Pretendo olhar para isto de uma forma mais divertida, digamos.

Eu uso muito esta expressão da Lei de Murphy no trânsito: "Está tanto trânsito! Olha... a fila do lado está a andar mais depressa que a minha! Vou mudar...". E assim que mudo, a fila onde anteriormente estava começa a andar e eu parada a ver os carros passar.

Mas ultimamente tenho sofrido de uma lei de Murphy ligeiramente diferente.

Um dia relativamente calmo no escritório. Consigo organizar as coisas, tudo encaminhado. Olho para o relógio a meio da tarde: "Isto está a correr bem". E ponho-me a pensar que talvez consiga sair mais cedo - "Até que me dava jeito...".

A 15 minutos de sair mais cedo, tudo continua calmo. Esfrego as mãos de contente! Começo a ultimar as coisas, silenciosamente, não vá a Lei de Murphy estar à espreita.

"Só mais 5 minutos e saio!". Até já sinto borboletas na barriga perante essa possibilidade.

Chega um mail.
Cai uma chamada.
Alguém vem ter comigo.

Pronto... Qual sair mais cedo, qual quê! Nesse dia até saio mais tarde do que costume.

Só a mim é que isto acontece? Ou vocês também sofrem às mãos da Lei de Murphy?




Autoria e outros dados (tags, etc)

Leite em pó ou leite magro?

por Sakura, em 13.08.13
13 de Agosto e ainda nenhum post este mês? Vamos já remediar o assunto!


Ontem, no Telejornal, deu uma notícia sobre os casos de maus-tratos de crianças. De acordo com a reportagem, este ano os hospitais portugueses já referenciaram mais casos de maus tratos e negligência de crianças do que no período homólogo.

Não consegui ouvir a notícia toda, mas do que ouvi, a dada altura uma enfermeira contava que os serviços hospitalares se aperceberam de cada vez mais casos de mães que, em vez de darem leite em pó aos seus bebés, compravam leite magro e com ele alimentavam os filhos.

Segundo esta mesma enfermeira, 1 litro de leite magro custa, num supermercado, cerca de 0,50€ ou 0,60€, enquanto uma lata de leite em pó custa 16€ ou 17€ e dá para cerca de 7 litros de leite. "O que é muito pouco para um bebé" - disse a mesma.

Dado o tema da notícia, concluí que esta era uma situação de negligência. Mas pergunto-me: será verdadeiramente negligência? Um pai ou mãe troca o leite em pó pelo leite magro, porque é malformado ou poderá haver casos de pessoas com realmente muito poucos recursos que não têm como pagar 17€ por uma lata de leite em pó?

Há uns tempos, também numa notícia sobre pessoas que recorriam aos bancos alimentares, uma avó dizia que ia buscar comida a esses centros de solidariedade para poder ter um iogurte para dar ao neto para lanchar. Esta senhora não tinha dinheiro para comprar um iogurte para o neto que tinha a seu cargo. Não era por o amar menos, pois notava-se a afeição que tinha pelo rapaz. Era por não ter como multiplicar os Euros. E sem eles não há comida...

Por esta mesma razão, pergunto-me será o caso do leite magro realmente negligência / maus tratos ou um caso a precisar de ajuda? É que são perspectivas (de intervenção) bem diferentes!



Autoria e outros dados (tags, etc)


Quem é a Sakura?

O meu nome é Raquel Lemos. Sakura significa “Flor de Cerejeira” em japonês; escolhi-o pela sua sonoridade e pela beleza das flores de cerejeira. A ideia de criar um blogue nasceu da pergunta «E porque não?»; admito que não venho aqui muitas vezes para escrever... o Blackberry Pancakes funciona mais como uma terapia: pequenas ideias que vou deixando (que se não revolucionam o planeta, ao menos revolucionam o meu mundo!) Obrigada a todos!


Facebook


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D