Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Saudade e Fado português

por Sakura, em 14.09.08
Somos a única língua que tem no seu dialecto a expressão «saudade»... Um sentimento muito maior e mais intenso que o «I miss you» ou «Tu me manquez beaucoup» (Sinto a tua falta) dos britânicos ou franceses.
É devido a este saudosismo - intrinsecamente ligado ao fado - que não raras vezes somos conotados como um povo lúgubre e abatido. No entanto, permitam-me que discorde neste ponto. Saudade não é sinónimo de sombrio, muito pelo contrário!
Saudades daquele Verão, saudades dos maninhos, saudades do pequeno-almoço juntos no jardim, saudades das invenções da Noélia, saudades do mar, saudades de casa... Tudo isto nada tem de triste! Tem sim uma aura de conforto, felicidade e aconchego. Relembrar aqueles momentos em que se riu até às lágrimas, em que o sorriso era grande demais para a nossa cara.
Ter saudade no corpo e na alma não é nada que envergonhe; é uma herança dos nossos antepassados, que se lançaram «por mares nunca dantes navegados» - e vejam os feitos que alcançaram!
Ser português é isto mesmo! É ter saudade, é relembrar o passado com o peito cheio de orgulho. desenganem-se as más línguas de que o português é a personificação de um sebastianista parado no tempo. Ser português é ser saudoso dos tempos áureos e com esses exemplos ir mais além.
O que o moderno cidadão luso precisa é um pouco desta saudade boa para ser corajoso (porque ideias já as temos) e arriscar em projectos que nos lançarão de novo na senda das descobertas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 amora

Sem imagem de perfil

De JoaoPedro a 27.09.2008 às 22:17

A saudade não é - não poder ser! - um sentimento negativo. Podemos estar longe de quem gostamos, pode ter passado muito tempo desde aquele momento feliz que recordamos, mas a saudade nunca é triste. Porque se há saudade é porque há sentimentos positivos, e onde há sentimentos positivos não há tristeza :)
P.S. - oh menina raquel... olhe que, contrariamente ao pensamento salazarista que foi incutido na mentalidade portuguesa e que ainda permanece, o português não é a única língua com o conceito de saudade... ;) o exemplo mais flagrante está na língua de nuestros hermanos, com "soledad"... E no espanhol falado na argentina usa-se muito o verbo "extrañar", que significa "ter saudades"... Até o alemão, uma língua germânica, tem a palava "die Sehnsucht", que significa exactamente "saudade". E as línguas nórdicas possuem o verbo "sakna", que significa também "ter saudades de alguém"... Com pessoas em todos os cantos do mundo, como é possível não sentir saudades em todas as línguas? ;)

Comentar post



Quem é a Sakura?

O meu nome é Raquel Lemos. Sakura significa “Flor de Cerejeira” em japonês; escolhi-o pela sua sonoridade e pela beleza das flores de cerejeira. A ideia de criar um blogue nasceu da pergunta «E porque não?»; admito que não venho aqui muitas vezes para escrever... o Blackberry Pancakes funciona mais como uma terapia: pequenas ideias que vou deixando (que se não revolucionam o planeta, ao menos revolucionam o meu mundo!) Obrigada a todos!


Facebook


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D