Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Agradecer

por Sakura, em 11.02.14
"Celebrar é dar uma mensagem muito clara à vida, a nós mesmos e aos outros - gosto do que me aconteceu e quero que aconteça de novo.

Celebrar é ser-se grato. E a vida gosta de agradecimentos.

Somos o que celebramos porque centramos a nossa atenção no lado positivo do que nos aconteceu. É bom ter por hábito celebrar acontecimentos importantes da vida, em grande ou discretamente, sozinho ou acompanhado.

Comemorar os sucessos ajuda-nos a recordá-los. E recordar o que se fez bem é essencial para confiarmos nas nossas possibilidades. As pessoas que têm mais consciência dos seus feitos, também têm mais consciência das ferramentas de que dispõem para lidarem com situações complicadas.

Ter memória do sucesso é recordar aquelas vezes em que conseguimos sair de um aperto, em que conseguimos resolver um problema. Estar consciente das ocasiões em que tivemos êxito é uma ferramenta eficaz porque nos dá poder; recorda-nos que se conseguimos enfrentar naquela altura e sair vitoriosos, então temos tudo o que precisamos para o fazer no presente.

Assim, começar por perguntar se estamos a celebrar os nossos sucessos é um bom primeiro passo rumo à mudança."


O texto não é da minha autoria, mas é tão bom que merece ser partilhado. E resume tão bem os últimos tempos.


Ao ler este texto da querida Sofia (aqui), veio-me à memória uma "tradição" que tentei começar no início do ano, mas que entretanto se perdeu na azáfama dos dias: escrever em cada dia uma coisa boa que aconteceu, naquele dia. Depois no fim do ano, reler tudo o que se escreveu. Mais do que nos apercebermos dos bons momentos que passamos, ajuda a manter o pensamento positivo.


E vocês, têm celebrado os vossos sucessos?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Quem é a Sakura?

O meu nome é Raquel Lemos. Sakura significa “Flor de Cerejeira” em japonês; escolhi-o pela sua sonoridade e pela beleza das flores de cerejeira. A ideia de criar um blogue nasceu da pergunta «E porque não?»; admito que não venho aqui muitas vezes para escrever... o Blackberry Pancakes funciona mais como uma terapia: pequenas ideias que vou deixando (que se não revolucionam o planeta, ao menos revolucionam o meu mundo!) Obrigada a todos!


Facebook


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D