Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma coisa que me assusta muito

por Sakura, em 27.02.14

O H. mudou recentemente de casa. E, como consequência, toca de celebrar novos contratos de água, electricidade e gás.

 

Na mesma semana em que tudo isto aconteceu, recebeu duas chamadas no seu telemóvel pessoal (friso, P-E-S-S-O-A-L) de duas operadoras (que também fornecem serviços de tv, telefone fixo e internet para as habitações).

 

As referidas operadoras pretendiam informá-lo sobre os pacotes que tinham ao dispor dos clientes, visto que o H. tinha mudado de casa e, de certo, iria precisar de celebrar novos contratos de tv, telefone e internet.

 

Quando soube disto, arrepiei-me! Como é que as operadoras souberam que o H. tinha mudado de casa, e mais, para aquela morada em específico?

 

Eu que acompanhei de perto todo este processo de mudança, sei perfeitamente que o H. só celebrou contratos de água, luz e gás, e que ao tempo em que ocorreram estas chamadas, o contrato de arrendamento ainda não tinha tido tempo para ser depositado nas Finanças. Esclareço que o H. também não foi a qualquer loja pedir informações sobre os referidos serviços; nem alterou a sua morada fiscal nas Finanças.

 

Perante todas estas premissas, expliquem-me uma coisa: como é que as operadoras tiveram acesso a esta informação? Têm acesso aos dados das empresas de electricidade? Da água? Gás? Com que legitimidade acedem a esses dados? Com que legitimidade as empresas fornecem essas informações? O H. não deu o seu consentimento para que aquelas informações fossem divulgadas, nem sequer lhe foi perguntado.

 

Sinceramente, faz-me muita confusão ver a nossa (de cada indivíduo) privacidade assim tornada pública. Não me consigo lembrar de um prejuízo concreto que possa advir do facto de as operadoras saberem que alguém mudou de casa, mas temos todo o direito em não querer que saibam.

 

Mas parece-me que, no mundo de hoje, permitimos que o conceito de privacidade se tornasse algo cinzento e de difícil definição. E contra mim falo, que tenho este blogue, que para além do Facebook do Blackberry Pancakes, também tenho Facebook pessoal, Instagram, Twitter,... Mas desenho a linha no ponto em que por celebrar contratos de água, electricidade ou gás, as empresas de telecomunicações sabem que o fiz. Há coisas da minha vida privada que são só minhas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Quem é a Sakura?

O meu nome é Raquel Lemos. Sakura significa “Flor de Cerejeira” em japonês; escolhi-o pela sua sonoridade e pela beleza das flores de cerejeira. A ideia de criar um blogue nasceu da pergunta «E porque não?»; admito que não venho aqui muitas vezes para escrever... o Blackberry Pancakes funciona mais como uma terapia: pequenas ideias que vou deixando (que se não revolucionam o planeta, ao menos revolucionam o meu mundo!) Obrigada a todos!


Facebook


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D